Grupos de Trabalho - CNV - Comissão Nacional da Verdade
Portal do Governo Brasileiro

Banners rotativos Títulos dos banners apresentados
Sexta, 30 de Janeiro de 2015 às 11:46

Grupos de Trabalho

Em 2 de julho de 2012, a Comissão definiu, por meio da Resolução nº 1, seu regimento interno, em que se estabeleceram diretrizes referentes à organização, à estrutura, ao planejamento, ao funcionamento, às atribuições dos conselheiros e às atividades de apoio, bem como disposições de natureza geral. O artigo 8º do regimento estabeleceu a organização da CNV na forma de grupos de trabalhos e subcomissões, designadas pelo Colegiado. No mesmo mês de julho, os membros da comissão definiram a constituição de três subcomissões temáticas:

1) subcomissão de "pesquisa, geração e sistematização de informações";

2) subcomissão de "relações com a sociedade civil e instituições";

3) subcomissão de "comunicação externa".

A partir de dezembro de 2012, as atividades de pesquisa da CNV passaram a ser desenvolvidas basicamente por meio de grupos de trabalho coordenados pelos membros do Colegiado, contando, cada um deles, com assessores, consultores ou pesquisadores. Tal forma de organização teve por intuito permitir a descentralização das investigações e a autonomia das equipes de pesquisa. Pautada nessas diretrizes iniciais, a CNV estabeleceu 13 grupos de trabalho, segmentados pelos seguintes campos temáticos:

1) ditadura e gênero;

2) Araguaia;

3) contextualização, fundamentos e razões do golpe civil-militar de 1964;

4) ditadura e sistema de Justiça;

5) ditadura e repressão aos trabalhadores e ao movimento sindical;

6) estrutura de repressão;

7) mortos e desaparecidos políticos;

8) graves violações de direitos humanos no campo ou contra indígenas;

9) Operação Condor;

10) papel das igrejas durante a ditadura;

11) perseguições a militares;

12) violações de direitos humanos de brasileiros no exterior e de estrangeiros no Brasil; e

13) o Estado ditatorial-militar.



Comissão Nacional da Verdade